Como os alongamentos podem melhorar meus treinos?

foto
25/02/2019           Ao realizar exercícios físicos, é de suma importância preparar o corpo para a mudança de estado (respouso para movimento). Dessa maneira, além dos diferentes tipos de aquecimentos (localizados e gerais), é fundamnetal a realização de alongamentos, visto que, esses são responsáveis por prevenir lesões e melhorar a flexibilidade do idivíduo.
          O alongamento consiste na realização de manobras terapêuticas, as quais tem por objetivo aumentar o comprimento dos tecidos moles (tendões, por exemplo) os quais naturalmente sofrem de encurtamento adaptativo. Além disso, é resposável por aumentar a flexibilidade articular, através de manobras que estimulam a lubrificação das articulações.
          Nesse contexto, dentre os efeitos dos alongamentos podemos destacar os agudos e os crônicos. Dentre as consequências agudas ou imediatas, destacam-se: o aumento da flexibilidade da região músculotendínea (união entre fibras musculares e tendões). Já os efeitos do alongamento a longo prazo, consistem no remodelamento das fibras musculares, decorrente do aumento fisiológico do comprimento das fibras musculares, no entanto, tal efeito permanece no indivíduo apenas se esse, vier a praticar regularmente movimentos que venham a favorecer essa condição. A exemplo, têm-se os treinos de ballet, os quais exigem grandes níveis de flexibilidade do indivíduo e são periódicamente estimulados nas coreografias.
          Além das consequências do alongamento, é necessário esclarecer os benefícios da realização desses antes e depois da prática de atividades físicas. Desse modo, a realização de alongamento antes da prática de atividades físicas tem por finalidade prevenir lesões, (existem relatos sobre a possibilidade do alongamento interferir  no desempenho de atletas profissionais, os quais precisam de máxima força para realização de testes), no entanto a nível geral o alongamento apresenta reultados positivos para todo e qualquer praticante de atividade física. No que diz respeito a alongamento após a realização de exercícios, esse tem a finalidade primária de prevenir o encurtamento das cadeias musculares recrutadas, isso devido a prática de atividades de longa duração, as quais envolvem milhares de contrações msuculares e logo um aumento das zonas de sobreposição dos sarcômeros.
          Portanto, seja você um adepto da musculação, artes marciais, atividades aeróbicas de longa duração (maratonas e ciclismo) é importante que venha a incluir tais práticas em sua periodização de treinos, visto que dentre os principais benefícios (prevenção de lesões e flexibilidade) são fundamentais para o seu progresso nas atividades físicas e em sua qualidade de vida. Se você ainda não realiza alongamentos antes, durante ou depois de seus treinos, converse com seu personal trainer e veja como isso pode agregar melhorias a seu treino.

Referências bibliográficas.
http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1517-86922010000300015
COPYRIGHT 2015 - TODOS OS DIREITOS RESERVADOS